O que é e quais são os benefícios de um pneu RunFlat?

Sabemos que existem muitos tipos de pneus disponíveis no mercado, tanto em marcas, quanto medidas, modelos e também com características que tornam o uso diferente entre um e outro. Um dos tipos de pneu que gera muita curiosidade, são os pneus do tipo RunFlat, que pode rodar mesmo furado.

Os pneus RunFlat são fabricados em um processo diferente, para que quando venham a sofrer uma perfuração, possam continuar rodando. Você sabe como isso acontece?

As laterais do pneu, também chamadas de flancos, são reforçadas, para que quando não houver ar dentro do pneu ele não dobre, que é o que acontece em um pneu comum, fazendo com que a roda pressione a lateral do pneu vazio contra o solo, com o peso do carro, ocasionando rasgos e até mesmo o desprendimento do pneu da roda. No pneu RunFlat, as laterais reforçadas fazem com que o pneu se mantenha sustentado na posição de trabalho,  tornando-o capaz de rodar até 80 km de distância, a uma velocidade de até 80 km/h, o que é suficiente para chegar a uma borracharia ou centro automotivo capaz de realizar o reparo. Não é recomendado rodar mais do que isso, já que não há pressão de ar dentro do pneu.

Os pneus RunFlat são equipamentos de fábrica em diversos carros, geralmente de categorias Premium, e são pneus de custo elevado. Os carros que possuem estes pneus, também acompanham um sistema de monitoramento da pressão dos pneus, para que possa avisar através de uma mensagem ou luz no painel do carro, sobre a perda de pressão, com a finalidade de informar o motorista sobre um pneu furado, por exemplo, e possa providenciar o reparo.

Por serem reforçados, os pneus RunFlat são mais duros, exigindo também que a suspensão dos carros sejam preparadas para tal, a fim de não sofrer desgaste prematuro, já que quando há menor absorção de impactos por parte dos pneus, estes impactos são transmitidos para a suspensão e carroceria do veículo. Essas diferenças que fazem com que pneus runflat não possam ser instalados em carros que não dispõem deles originalmente, pois apesar de cumprir seu papel na resistência contra furos, eles poderiam causar outros danos ao veículo.

Ao comprar um carro com pneus runflat é muito importante verificar o estado de conservação deles, pois a substituição pode custar bem caro. Também vale ver se o dono anterior não trocou por pneus comuns, o que pode ser uma dor de cabeça, pois os carros que possuem este equipamento de fábrica não acompanham estepe.

Como diferenciar um pneu RunFlat?

Cada fabricante de pneu chama de uma forma e com uma sigla diferente, que poderão ser: flat tyre, runonflat, self supporting runflat, pax system, zero pressure ou zero pressure system, ZP, RF, ROF ou SSR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *