Qual é a calibragem ideal para um pneu?

Quando falamos em cuidar do estado dos pneus do carro, questões como o alinhamento e balanceamento surgem de imediato na cabeça, pois são muito importantes, mas muitas vezes a calibragem fica esquecida de lado.

Manter a calibragem correta dos pneus do seu carro é super importante para que os pneus tenham o desgaste correto, com maior aproveitamento da vida útil, além de influenciar em aspectos como desempenho, consumo e conforto, já que o pneu é a única parte do seu automóvel que está em contato com o solo.

Como encontrar a pressão de ar correta para o pneu?

Em geral, a informação de calibragem fica no manual do carro, em uma seção específica, mas também pode obter esta informação em uma etiqueta fixada na porta do motorista (parte interna) ou na tampa do tanque de combustível. Você pode variar a calibragem um pouco, para menos ou para mais, caso queira um carro um pouco mais confortável, ou mais firme, respectivamente.

Há três principais sistemas para especificar a calibragem: PSI, BAR e kPA. Veja em ordem de popularidade, e é muito importante verificar com qual unidade está trabalhando na hora de pegar a referência e de utilizar a máquina para calibrar o pneu:

PSI – Pound Per Square Inch (Inglês)

BAR – (Inglês)

kPa – Pascal (SI – Sistema Internacional)

Se você substituir o pneu do seu carro e mantiver a medida anterior, independente do modelo e marca, é importante lembrar que a calibragem permanece a mesma da original. Se a medida for alterada, o recomendado é mudar a calibragem também, principalmente se o aro for maior, pois irá necessitar de mais ar no interior do pneu, lembrando de nunca ultrapassar a capacidade máxima do pneu.


A calibragem deve ser verificada a cada duas semanas, sempre com o pneu do carro frio, já que há alteração de acordo com a pressão e temperatura. Caso vá transportar cargas no veículo, a calibragem deve ser alterada.

Não se esqueça também de cuidar dos bicos ou válvulas dos seus pneus, que se ressecam com o tempo, podendo causar vazamentos. O ideal é sempre que trocar os pneus, trocar também as válvulas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *